Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Gastos com pessoal preocupa prefeitos sul baianos

LRF estabelece limite máximo de 45% para gastos com pessoal

LRF estabelece limite máximo de 45% para gastos com pessoal

Os prefeitos sul baianos estão em alerta devido a Lei de Responsabilidade Fiscal, que estabelece o limite de 54% da receita corrente líquida para gastos com pessoal. O problema é que se contam nos dedos os municípios que gastam aquém do limite estabelecido. Ultrapassá-lo significa ter as contas reprovadas pelo TCM.

De acordo com as informações do TCM, o percentual de rejeição de contas no ano de 2011 foi de 46%. Em 2012 estima-se que aproximadamente 60% das prefeituras terão contas rejeitadas, principalmente porque extrapolaram o limite de gasto com pessoal. O cenário para 2013, ainda segundo o TCM, também não são animadores.

Hoje, dos 417 municípios, apenas 189 estão em situação regular, outros 228 encontram-se em alerta, pois extrapolaram ou estão prestes a extrapolar a despesa prevista pela lei. Os prefeitos sul baianos evitam falar em valores, mas muitos demonstram preocupação e afirmam que os gastos de suas gestões estão acima do limite de 54%. A ordem é enxugar a folha. (Ubatã Notícias)

1 resposta para “Gastos com pessoal preocupa prefeitos sul baianos”

Deixe seu comentário