Ubatã R$ 651.630,41, pagos em duas parcelas (Foto: Ubatã Notícias)

Ubatã R$ 651.630,41, pagos em duas parcelas (Foto: Ubatã Notícias)

A primeira parcela no valor de R$ 1,5 bilhão, referente ao auxilio financeiro aos Municípios, deve ser pago no dia 15 de setembro, um mês após a data estipulada pelo governo federal. Esta nova data foi acrescentada à Medida Provisória (MP) 613/2013. O valor repassado não possui vinculação com nenhuma outra receita.

A Medida Provisória, com o texto que autoriza o pagamento da ajuda, foi aprovada pela Comissão Mista – Senado e Câmara. A votação ocorreu na manhã desta terça-feira, 20 de agosto. O texto é do relator senador Walter Pinheiro (PT-BA), que inclui artigo especial sobre o auxílio do governo federal aos municípios brasileiros.

Após a decisão da Comissão Mista, o projeto de conversão da Medida foi encaminhado à Câmara, onde será votado em Plenário. Esta proposta tranca a Pauta da Casa, a partir da próxima semana. A demora no repasse do auxílio financeiro trouxe frustração para os prefeitos sul baianos, que esperavam que os recursos estivessem disponíveis em 15 de agosto.  Em tempo, o auxílio será repassado em duas parcelas, a segunda em abril de 2014. (Ubatã Notícias)

VALORES DOS MUNICÍPIOS DO MÉDIO RIO DE CONTAS

Os municípios do Território Médio Rio de Contas também foram contemplados com os recursos do apoio emergencial. Aiquara receberá somada as duas parcelas dos repasses o equivalente a R$ 279.270,17, Apuarema (279.270,17), Barra do Rocha (R$ 279.270,17), Boa Nova (R$ 465.450,29), Dário Meira (R$ 372.360,23), Gongogi (R$ 279.270,17), Ibirataia  (R$ 558.540,35), Ipiaú (R$ 930.900,58), Itagi (R$ 372.360,23), Itagibá (R$ 465.450,29), Itamari R$ 279.270,17), Jequié (R$ 2.855.807,43), Jitaúna (R$ 372.360,23), Manoel Vitorino (R$ 465.450,29), Nova Ibiá (R$ 279.270,17), Ubatã (651.630,41). Na microrregião, ainda merecem destaque Aurelino Leal (372.360,23), Ibirapitanga (R$ 558.540,35) e Ubaitaba R$ (558.540,35). (Ubatã Notícias)