Solicitação foi feita por quatro maiores empresas do país

A TAM, Gol, Azul e Avianca, as quatro maiores empresas aéreas do país, apresentaram nesta terça-feira (20) ao governo federal uma série de medidas a serem adotadas de maneira “urgente” para reduzir o custo de suas operações no país e, com isso, evitar o aumento das passagens aéreas nos próximos meses. As propostas foram apresentadas ao ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, pelo presidente da Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz. Segundo reportagem do G1, o pedido de ajuda foi motivado principalmente pela alta no preço do querosene e pela subida do dólar nas últimas semanas, que teria elevado o custo das empresas – entre 55% e 57% das despesas das aéreas são dolarizadas. (G1)