Rua da Bica é uma localidades sem pavimentação (Foto: Ubatã Notícias)

Rua da Bica é uma localidades sem pavimentação (Foto: Ubatã Notícias)

As chuvas que caíram nos últimos dias em Ubatã colocam ainda em maior evidência os problemas de infraestrutura do município. Ruas de diversas localidades da terra de canoa forte, a exemplo do Bairro Júlio Aderne, Dois de Julho e São Raimundo, sofrem com a falta de rede de esgoto e também com a falta de pavimentação.

Segundo levantamento recente realizado pelo Diretório Municipal do PDT, mais de 50 ruas do município não estão pavimentadas. A quantidade de vias públicas sem saneamento básico, ainda segundo o levantamento, é similar. O problema é, claro, é ainda maior em períodos chuvosos e irrita moradores dos locais afetados.

“Quando chove aqui a água chega a invadir algumas casas, e ainda tem o mau cheiro do esgoto que corre pela rua inteira”, reclama uma moradora do Bairro Júlio Aderne, mais conhecido como Rua da Bica. Na atual gestão, uma rua já foi pavimentada e três outras estão em fase de pavimentação.

GESTÃO DIZ QUE CAMINHO É FIRMAR CONVÊNIOS COM A UNIÃO

Procurada pelo Ubatã Notícias, a prefeita Siméia Queiroz (PSD) disse que devido a escassez de recursos, o caminho é firmar convênio com o Governo Federal para a vinda de obras de infraestrutura, como pavimentação e saneamento básico. A gestora lembrou que já há emendas de deputados aprovadas para o município e que Ubatã está em fase de ter o nome retirado do Cauc, uma espécie de Serasa que impede a cidade de firmar convênios com a União. “Vamos ficar adimplentes e sem dúvida vamos pavimentar várias ruas do município. O nosso povo merece isso e vamos dar uma resposta positiva”, garantiu a gestora, emendando que se reunirá com o Governador Jaques Wanger (PT) para discutir o assunto. (Ubatã Notícias)

* Confira outras ruas sem pavimentação clicando aqui!