Foto: Reprodução

O senador mineiro Aécio Neves isolou o ex-governador paulista José Serra até em São Paulo. Serra, que tem se movimentado a fim de viabilizar seu nome para disputar o Planalto em 2014, não conta com apoio explícito de nenhum dirigente local. Até seus aliados mais próximos, inclusive alguns membros da executiva nacional, reconhecem que Aécio avança no quintal do ex-governador. Depois de ser apresentado como candidato à Presidência da República, no sábado (24), por prefeitos e parlamentares tucanos no município paulista de Barretos, Aécio desembarca nesta quinta (29) na capital para uma reunião com os 22 deputados estaduais do PSDB e os cinco membros da direção nacional originários de São Paulo, em evento articulado pelo deputado federal Duarte Nogueira, presidente do PSDB estadual e operador político de Aécio. “O Serra, se for humilde, sai como candidato a deputado federal e ajuda o partido a ter 2 milhões de votos à nossa bancada na Câmara”, afirmou o deputado Antonio Souza Ramalho. O ex-governador, porém, não descarta sair do PSDB e se filiar ao PPS para disputar o Planalto em 2014. (Bahia Notícias)