Município caminha para fechar ano menos violento dos últimos anos

O município de Ubatã, no sul do estado, não registra homicídios desde março, mas precisamente no dia 19, quando o adolescente Jobson Souza Santos, de 16 anos, foi assassinado após apartar uma briga nas imediações da Escola Estadual Luís Viana Neto, no Bairro Esperança. Ao todo, são mais de 160 dias sem homicídios.

Em 2013 foram assassinadas três pessoas no município, sendo dois deles praticados na Rua da Várzea, antigo reduto do tráfico. Segundo investigações da Polícia Civil, a maioria dos homicídios estaria ligado a dívidas e à disputa pelo tráfico de drogas no município, que fez diversas vítimas nos últimos anos.

Finalizado o oitavo mês deste ano, houve, na média, diminuição no número de assassinatos em Ubatã em relação aos anos anteriores. Em 2010, o município registrou 13 homicídios; em 2011, 11 pessoas tiveram as vidas ceifadas; e em 2012 houve registro de 07 assassinatos. Os números são da SSP. (Ubatã Notícias)