Delegado diz que se alguma pessoa morrer em decorrência de acidente com animais, dono pode responder por homicídio

Delegado diz que se alguma pessoa morrer em decorrência de acidente com animais, dono pode responder por homicídio (Foto: Ubatã Notícias)

A Polícia Civil de Ubatã apurará a responsabilidade dos acidentes que têm ocorrido na BR-330 no perímetro do município de Ubatã, a informação foi confirmada pelo delegado Adelino Loyola. Somente na última sexta-feira (20) houve dois acidentes envolvendo animais na área municipal da rodovia federal, um deles grave.

Segundo Adelino Loyola, a responsabilidade por fazer o recolhimento de animais em BRs é da Polícia Rodoviária Federal, mas a Polícia Civil pode e fará a apuração para identificar os proprietários que deixam animais soltos no trecho da rodovia federal do município de Ubatã. O problema é mais recorrente no período noturno.

Ainda de acordo com Adelino, o artigo 31 das contravenções penais prevê que quem se omite na guarda de animais pode pegar pena de dez a 60 dias de detenção. Se alguma pessoa morrer em um acidente ocasionado por animais, o dono dos animais pode responder por homicídio. (Ubatã Notícias)