As duas mulheres transportavam a droga de São Paulo para Salvador

Duas mulheres foram presas na manhã de domingo (6/10) durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) contra o tráfico de drogas, na BR-116, perto do município de Encruzilhada, no Sudoeste da Bahia. Uma delas escondia, sob uma falsa barriga de grávida, 3 quilos de crack, 1,5 quilo de cocaína e 800 gramas de pasta base de cocaína. As duas mulheres transportavam a droga de São Paulo para Salvador. Durante uma blitz da PRF, um policial rodoviário desconfiou quando uma delas ficou nervosa. Ao tentar explicar por que uma grávida, Josecleia Matias de Almeida, 36 anos, que viajava em outra poltrona do ônibus, guardava seus documentos, Ana Cristina de Araújo Pereira, 25 anos, acabou levantando a suspeita do policial.

Ao descobrir o plano, o policial Heitor Correia interrogou Ana Cristina, que confessou que havia contratado Josecleia em São Paulo, por R$ 3,5 mil, para que ela trouxesse a droga escondida sob a falsa barriga. “A princípio, ela disse que um namorado tinha pedido para ela trazer a droga e que ele havia contratado a mulher porque não tinha coragem de fazer sozinha. Mas depois acabou confessando que ela era a traficante responsável pela operação”, contou Correia. Ana Cristina já havia sido presa ao ser descoberta durante outro plano frustrado, quando tentou entrar com droga no Complexo Penal Lemos Brito, em Salvador. Ela e a falsa grávida foram presas em flagrante e levadas para a delegacia de Cândido Sales.  As duas responderão por tráfico de drogas e associação ao tráfico. (Correio)