Suspeita é que avião servia de veículo para alguma atividade ilícita 

Um avião Learjet que partia de Breves, no Pará, foi interceptado por aeronaves da Venezuela e de acordo com as evidências preliminares, foi abatido. Segundo informações do jornal O Globo, o avião chegou ao país pela Guiana sem plano de voo e com o transponder (responsável pela identificação da aeronave) desligado. Após ser interceptado, a aeronave foi destruída após o pouso. O piloto e o copiloto conseguiram fugir. O Ministério da Defesa confirmou o ocorrido e a Polícia Federal e o Itamaraty investigam o caso. A principal suspeita é de que o avião servia de veículo para alguma atividade ilícita. Ainda não foi confirmado se o fogo foi causado pelo piloto e o copiloto ou por venezuelanos. (Bahia Notícias)