Priscila e Lindson lesaram cerca de 100 empresários e executivos, segundo polícia

Priscila e Lindson lesaram cerca de 100 empresários e executivos, segundo polícia

Investigadores da Polícia Civil prenderam um casal especialista em roubar dados de empresários e executivos para emitir cartões de crédito. Os estelionatários Lindson Cardoso Lins, de 34 anos, e Priscila dos Santos Moreno, 30, foram presos no Bairro do Tomba, em Feira de Santana. Os investigadores do Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME) da Civil encontraram com os estelionatários cartões de crédito com limites entre R$ 50 mil e R$ 100 mil. Segundo o delegado Charles Leão, os cartões eram utilizados em compras pela internet e em estabelecimentos comerciais em Feira, Senhor do Bonfim e Juazeiro. “Entre as vítimas estão profissionais de empresas do ramo alimentício, companhias aéreas, varejo e agronegócios”, explicou o delegado.

Cartões apreendidos com o “Casal 171″

Cartões apreendidos com o “Casal 171″

Lindson criou uma empresa chamada Lindson Cardoso Lins Ayala Eletrons (CNPJ 19.197.531/0001-44), habilitando-se a ter acesso ao banco de dados de instituições de regulação de crédito. Era a chave para ter acesso aos dados de terceiros. Mais que isso, pesquisava pessoas com poderio financeiro na internet e em revistas, descobrindo, em seguida, dados das vítimas, como números de documentos pessoais, endereços e filiação. (Pimenta)