Tenente foi preso em flagrante (Foto: Arquivo Pessoal)

Após matar um homem e ferir outras três pessoas na madrugada deste sábado (12), em Alagoinhas, no leste baiano, o tenente da Polícia Militar Marcelo Andrade de Souza, 29 anos, foi preso em flagrante. Segundo testemunhas, o crime ocorreu em uma festa no Shopping Laguna. O policial, que é lotado na 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pernambués), pegou um pedaço de carne de um prato que estava na mesa da vítima, o industriário Hebert Menezes de Amorim Neto. Como o homem levantou da mesa para reclamar, o policial atirou seis vezes contra ele, com uma pistola 380 de sua propriedade. Hebert morreu no local. Amigos e familiares da vítima tentaram agredir o cliente, que atirou novamente e atingiu três pessoas. Os feridos foram encaminhados ao Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas. Seguranças do evento e pessoas que estavam na festa contiveram Marcelo e acionaram a polícia. Em depoimento, o tenente disse que atirou por legítima defesa, ao perceber que três pessoas que acompanhavam a vítima estavam armadas, segundo informações do delegado interino da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). As testemunhas negaram a versão à polícia. Marcelo responderá por homicídio qualificado por motivo fútil e tentativa de homicídio. Com informações do jornal A Tarde.