José Genoíno se apresentou à polícia

Após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa emitir nesta quarta-feira (30) ordem para que o ex-deputado federal José Genoino se apresentasse ao Complexo Penitenciário da Papuda em 24 horas, o petista foi ao Centro de Internamento e Reeducação do presídio e se entregou. Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, ele chegou à unidade por volta das 15 horas, acompanhado de seu advogado Cláudio Alencar e de seu cardiologista, Geniberto Campos. Até se apresentar, Genoino ficou em sua casa, em um condomínio fechado em Brasília, acompanhado de familiares, como filhos e o irmão, o deputado federal José Guimarães (PT-CE). O petista, condenado no processo do mensalão a quatro anos e oito meses de prisão, cumpre a pena em regime domiciliar provisório desde novembro do ano passado. (Bahia Notícias)