Pedreiro não possuía passagem pela polícia (Foto: O Baianão)

Pedreiro não possuía passagem pela polícia (Foto: O Baianão)

O pedreiro João Paixão de Souza, 59 anos, foi morto em Porto Seguro, enquanto saía de casa para o trabalho. O crime foi registrado por volta das 6h da manhã desta terça-feira (20), na Rua Ubiratan Bittencourt, bairro Parque Ecológico. Segundo o delegado Valfredo Neto, que trabalha nas investigações, João Paixão foi atingido por quatro tiros (cabeça e perna). A polícia ainda não deu outras informações sobre motivação e autoria do homicídio. (Radar 64)