Estudo foi realizado por Instituto Alemão

Estudo foi realizado por Instituto Alemão

Um estudo realizado pelo Cardiovascular Events During World Cup Soccer (realizado na Copa do Mundo na Alemanha) também identificou um risco de infarto 3,26 vezes maior durante os jogos do Mundial. E nesse teste do coração, as mulheres ganham de goleada. Das vítimas, 71,5% eram homens. No final dos anos 70, o narrador Galvão Bueno criou o bordão “Haaaaja coração”, numa referência ao mal estar que os jogos da seleção brasileira criava nos torcedores.  De acordo com o cardiologista Anderson Rodrigues, do Grupo Sabin, as fortes emoções aliadas a outros fatores de risco como a hipertensão, diabetes, dislipidemia (colesterol alto), tabagismo, histórico familiar, obesidade e sobrepeso são uma combinação perigosa para a saúde, ampliando o risco de infartos e derrames (acidente vascular cerebral-avc). Com informações do Correio24h.