Roque foi preso quando trabalhava numa padaria (Foto: Giro em Ipiaú)

Roque foi preso quando trabalhava numa padaria (Foto: Giro em Ipiaú)

A polícia civil de Ipiaú cumpriu na tarde desta quarta-feira(16) um mandado de prisão preventiva em favor de Roque Santana Bispo, de 20 anos. Ele é acusado de tentar matar a namorada de prenome Tais, na noite do dia 30 de junho deste ano. De acordo com as investigações da polícia civil, o rapaz, após um possível rompimento com a namorada, tentou reatar o relacionamento convidando a jovem para ir ao motel em Ubatã. Durante o percurso na BR-330, Roque, apelidado de “Neguinho”, teria parado o carro após o “Trevo da Mirabela” e mandado a jovem descer do veículo, em seguida disparado três tiros contra ela. Os disparos atingiram a perna, o braço e no tórax da vítima. Ainda segundo as investigações, Tais teria suplicado para não morrer, o que levou o autor dos tiros ao arrependimento. Ele conduziu a namorada até o Hospital Geral de Ipiaú, e logo após ligou para a polícia militar informando que a jovem teria sofrido uma tentativa de assalto. Uma queixa também foi prestada na delegacia pelo pai da vítima. Ele também acreditava que sua filha teria sido alvo de um assaltante. Dias depois, o delegado Cristiano Mangueira e sua equipe de investigadores receberam a informação do atentado provocado por “Nequinho”. A jovem que temia ser morta, após, segundo ela, receber várias ameaças de Roque, foi retirada da cidade numa operação com o apoio da polícia civil. O delegado pediu a prisão preventiva do acusado e acabou prendendo-o na tarde desta quarta-feira numa Padaria na Praça dos Cometas. Ainda de acordo com Dr. Cristiano Mangueira, o jovem teria confessado a tentativa de homicídio. Roque está detido provisoriamente na delegacia local. (Giro em Ipiaú)