Peça foi veiculada no horário eleitoral da televisão

Símbolos do PT não podem mais aparecer na propaganda eleitoral televisiva da coligação dos opositores liderada por Paulo Souto (DEM). Em decisão da Justiça nesta quarta-feira (20), o juiz relator, Salomão Viana, acatou a representação da coligação “Pra Bahia Mudar Mais”, liderada pelo candidato ao governo Rui Costa (PT), em que mostra a exclusividade somente do próprio partido em utilizar os seus símbolos. O descumprimento dessa prerrogativa resultará no pagamento de multa diário de R$ 10 mil para cada um dos apresentados. Para o presidente do PT, Everaldo Anunciação, o ato praticado pela coligação de Souto é um “desrespeito a lei e a legitimidade”. “O PT tem a maior credibilidade que o índice de todos os demais reunidos”, comentou Anunciação, em nota. (Bahia Notícias)