Fernanda não lembra do que ocorreu no fatídico dia

A auxiliar de produção Fernanda Regina Santiago, que sofreu traumatismo craniano após receber uma cotovelada de um homem em São Roque (SP), teve alta nesta segunda-feira (1º), informou a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo. Fernanda foi agredida pelo comerciante Anderson Lúcio de Oliveira no dia 16 de agosto e estava internada desde então. Não foram passadas mais informações sobre seu estado de saúde. Familiares disseram que ela estava com fortes dores de cabeça e estava na casa de parentes. Anderson foi identificado e preso no dia 19 e vai responder por tentativa de homicídio qualificado, já que a vítima não teve chance de defesa. De acordo com Eduardo Cézar, irmão da vítima, Fernanda e Anderson são conhecidos, mas não tinham uma relação próxima, e se encontraram ocasionalmente em uma festa. Em entrevista nesta segunda, Eduardo informou que Fernanda não se lembra do que aconteceu. “Ela acordou, mas não nos disse o que aconteceu naquele dia. Ela não se lembra de nada e também não estamos forçando, já que a recuperação dela é o que importa agora”, explicou. (Bahia Notícias)