Polícia utilizará imagens de câmeras para tentar identificar suspeitos (Foto: Blog Sigi Vilares

Imagens de câmeras devem ajudar a identificar suspeitos (Foto: Sigi Vilares

Uma carreta ficou destruída após ser incendiada na avenida Salvador, em Luis Eduardo Magalhães, município que fica a 947 quilômetros de Salvador. O veículo, que estava sob os cuidados da Polícia Civil do município, foi incendiado em frente à delegacia na madrugada desta quinta-feira (23). A polícia suspeita que o caso esteja relacionado ao incêndio de outras três carretas no Posto 020, ocorrido no início de setembro. A ação seria motivada por vingança à morte de um casal de idosos dias antes. As carretas pertencem à família de Altamir José Fagundes, principal suspeito de ter matado os idosos dentro da residência, localizada no Loteamento Conquista. Ele é considerado foragido pela polícia desde que foi instaurado o inquérito. O caminhão incendiado nesta madrugada estava no posto, mas não foi danificado na época. Segundo a polícia, Altamir descobriu o relacionamento da ex-mulher, de quem estava separado havia seis meses, e resolveu ir até a casa do namorado dela. Chegando lá, ele disparou vários tiros atingindo José Gonçalves Filho, 66 anos, e Aldenice da Silva Lopes, 59 anos. “Ele foi atrás do namorado da ex-mulher, não o encontrou e, na raiva, acabou tirando a vida dos pais do rapaz”, disse o delegado Rivaldo Luz. (Sigi Vilares)