Siena destruído era de um taxista ipiauense (Foto: Giro em Ipiaú)

Um incêndio em grande proporção às margens da BR-330, próximo a Baixa Alegre, causou um grande prejuízo e por pouco, não provocou uma tragédia. Dois automóveis acabaram se envolvendo numa colisão, na noite deste domingo (20), por volta das 18h30, após um deles se desviar das chamas que atingiam o trecho da rodovia. O carro modelo Grand Siena, placa OOU- 6241, de propriedade do taxista ipiauense conhecido como Sandoval, após colidir em outro Siena, placa de São Paulo, rodou na pista e foi parar no acostamento, onde foi atingido pelas chamas. Sandoval contou à reportagem do GIRO que ele viajava com uma passageira com destino a Jequié. “Nós saímos de dentro do fogo. As chamas estavam numa altura de uns cinco metros”, disse o taxista. O carro dele foi totalmente destruído pelo fogo.  

Outro veículo era ocupado por cinco pessoas (Foto: Giro em Ipiaú)

O outro veículo, conduzido pelo jequiense João Alves, era ocupado por cinco pessoas. Eles viajavam de Jequié com destino a Ipiaú. Apenas uma mulher sofreu um pequeno ferimento em uma das pernas. Os dois automóveis não possuíam seguro. O taxista revelou ao GIRO que iria entregar o carro essa semana na Fiat Disvel, onde seria trocado por um novo. O trânsito no local foi organizado pela polícia militar e a Guarda Municipal de Jitaúna. Além desse incêndio na região da Fazenda Baixa Alegre, outros dois focos foram detectados até Ipiaú. O fogo foi controlado por trabalhadores rurais. O Corpo de Bombeiros de Jequié foi acionado, mas as viaturas estavam atendendo outras ocorrências. (Giro em Ipiaú)