Aliados acreditam que Cunha será cassado (Foto: Divulgação)

Mesmo os apoiadores do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já não acreditam que seja possível barrar a cassação do parlamentar. De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, a “última tacada” do grupo foi uma tentativa de fazer acordo com o atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em troca de apoio na eleição do substituto de Cunha, os aliados do peemedebista sugeriram que ele atrasasse o processo de cassação. Maia, porém, não topou o acordo e conseguiu os votos necessários por uma grande diferença. Sem a ajuda do presidente, a “tropa de choque” de Cunha acredita que ele deixa a Câmara até agosto. (Veja)