Marcelo Odebrech fará deleção premiada (Foto: Divulgação)

O empresário Emílio Odebrecht não quer que o atual presidente interino e ex-presidentes da República sejam alvos na delação premiada do seu filho, Marcelo. De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ele considera que Michel Temer, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso não devem ser citados para que o país não “derreta”. Marcelo Odebrecht aceitou fazer delação premiada com os investigadores da Operação Lava Jato em março deste ano. Ele foi preso desde junho de 2015. (Bahia Notícias)