Mala do carro onde cinegrafista foi levado para hospital ficou marcada com tiro

Mala do carro onde cinegrafista foi levado para hospital ficou marcada com tiro

Dois irmãos gêmeos, de 45 anos, morreram na tarde desta quarta-feira (17), na localidade da Baixa do Tubo, no bairro de Cosme de Farias, em Salvador. Um deles chegou a ser levado para o Hospital Geral do Estado (HGE) por um dos filhos e um vizinho, mas já chegou morto na unidade de saúde. As vítimas foram identificadas como Silvio Cezar Carvalho Santos, que era advogado, e Cezar Silvio Carvalho Santos, que era cinegrafista.Em contato com o G1, o filho de uma das vítimas contou que o pai dele ouviu os tiros próximo ao escritório do tio, que é advogado, e ao tentar dar socorro também foi atingido pelos disparos. O rapaz ainda informou que o suspeito de atirar seria cliente do advogado que morreu. Durante o socorro, o suspeito que estava em uma moto com outro homem, chegou a perseguir o carro onde estava a vítima baleada e ainda disparou contra o veículo, mas ninguém ficou ferido. A Polícia Militar não tem detalhes da motivação dos disparos. Os autores do crime fugiram. O caso será investigado pela Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Cezar Silvio Carvalho Santos trabalhou como operador de áudio e depois como cinegrafista, por 15 anos na TV Bahia. (G1)