Polícia apreendeu armas, munições e 124 papelotes de cocaína (Foto: Divulgação)

Polícia apreendeu armas, munições e cocaína (Foto: Divulgação)

Após ser detido com drogas, armas e munição, na noite da última terça-feira (18), o dono de um bar de Salvador tentou subornar policiais militares com R$ 20 mil para ser solto. As informações são da Polícia Militar. Em nota, a PM disse que uma guarnição do serviço de inteligência da Operação Apolo abordou um homem que consumia cocaína em via pública, por volta das 20h de terça. Aos policiais, o homem disse ser apenas usuário e que havia comprado a droga em um bar. A guarnição chegou ao local indicado e, ao verificar a venda e consumo explícito de cocaína em via pública, acionou uma equipe padronizada que abordou o estabelecimento comercial. No local, foram encontrados vários papelotes de cocaína e três pessoas foram presas em flagrante. A PM diz que, no momento da abordagem, o dono do bar fugiu em um veículo de cor preta, mas policiais fizeram o acompanhamento e o alcançaram no bairro da Federação, onde ele abandonou o veículo aberto em via pública e entrou na residência dele. A PM cercou o imóvel e deu voz de prisão ao suspeito. Durante a revista na casa, os policiais encontraram uma pistola 9 mm, 10 cartuchos de calibre 380, um cartucho de espingarda calibre 12, um cartucho de calibre .40 S&W, uma balança e cocaína, totalizando 124 papelotes da droga apreendidos na ocorrência. Neste momento, de acordo com a PM, para evitar a prisão, o suspeito ofereceu R$ 20 mil aos policiais militares em troca de sua liberação. O dono do bar e as outras pessoas detidas na ocorrência foram conduzidos à Central de Flagrantes para a formalização do auto de prisão em flagrante, onde foram apresentados juntamente com o material apreendido. (G1)