Cerca de 60 litros de agrotóxico forama preendidos em dois dias de operação

Cerca de 60 litros de agrotóxico forama preendidos em dois dias de operação

Mais de 300 pássaros criados em cativeiro e cerca de 60 litros de agrotóxico ilegal foram apreendidos em dois dias da 40ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada, que começou na última terça (18) e segue até a próxima semana, na cidades de Iboirama, Barra, Buritirama, Morpará, Muquém do São Francisco, Oliveira dos Brejinhos, Paratinga, Sítio do Mato, Brotas de Macaúbas e Ipupiara, no oeste da Bahia. De acordo com informações do Ministério Público da Bahia (MP-BA), responsável pela operação em conjunto com outros 30 órgãos, a ação tem como foco identificar irregularidades nas áreas de saneamento e gestão ambientais, aquicultura, agricultura, piscicultura, fauna, patrimônios cultural e espeleológico (grutas e cavernas), segurança do trabalho, mineração e cerâmica, loteamentos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas e de fundo de pasto). Na última quarta (19), as equipes apreenderam mais de 60 litros de agrotóxico em um empreendimento rural localizado no município de Barra. O produto, conhecido como CERCO 24 EC, de fabricação chinesa e que é comercializado no Paraguai, não possui registro no Brasil, sendo proibida a sua comercialização e utilização. O responsável pelo local foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e responderá pelos crimes de contrabando de agrotóxicos e armazenamento e utilização irregulares. (G1)