Justiça determinou a inegibilidade de 8 anos a ex-prefeito

Justiça determinou a inelegibilidade de 8 anos a ex-prefeito

A Justiça Eleitoral condenou, em primeira instância, o ex-prefeito de Barreiras, na região oeste da Bahia, Antônio Henrique de Souza Moreira (PMDB) por abuso de poder político no mandato de 2016 e determinou a inelegibilidade dele por oito anos. A defesa de Moreira disse que vai recorrer da decisão. A condenação do ex-prefeito, conforme a Justiça, foi pelo “uso indevido” do site oficial da prefeitura para a publicidade da campanha, o que é veado em período eleitoral. Moreira também foi condenado ao pagamento de multas por ter, segundo a Justiça, contratado e demitido servidores da prefeitura em período proibido por lei. O candidato a vice-prefeito na chapa de Moreira na época, Moisés Almeida Schimitt, foi abolvido das acusações. A defesa de Moreira disse que protocolou nesta sexta o recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). (Correio)