TCM-BA determina investigação de 30 mil servidores

TCM-BA determina investigação de 30 mil servidores (Foto: Divulgação)

O Tribunal de Contas dos Municípios vai investigar indícios de acumulação ilícita de cargo, emprego ou função pública e recebimento de salário acima do teto de remuneração por servidores nos municípios baianos. Um levantamento preliminar indica a necessidade de apuração sobre a situação funcional de 30 mil servidores em 585 órgãos da administração pública direta e indireta de 363 municípios do estado. O edital publicado na edição desta sexta-feira (11), no Diário Oficial Eletrônico do TCM, estabelece prazo de 60 dias para que as prefeituras e câmaras de vereadores procedam a apuração de cada indício, adotem providências corretivas, e informem as medidas ao órgão de fiscalização. As informações devem ser feita por meio do Sistema Integrado de Gestão e Auditoria – SIGA, do próprio TCM. Na lista estão o município de Ubatã, Ipiaú, Barra do Rocha, Dário Meira, Itagi, Ibirataia, Jequié, Jitaúna, Aurelino Leal, Ibirapitanga, Gongogi, Ibicuí, Iguaí, Itacaré, Boa Nova e Gandu. (Ubatã Notícias)

* Ver lista completa