Homem morreu após comer doce, na cidade de Saúde (Foto: Divulgação)

A mulher suspeita de envenenar quatro pessoas da mesma família com uma substância popularmente conhecido como “chumbinho”, no município de Saúde, no norte da Bahia, teve a prisão preventiva decretada cerca de seis meses depois do crime. A informação foi divulgada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), que fez o pedido à Justiça. Conforme o MP-BA, uma das vítimas, um homem de 47 anos morreu após ingerir o veneno em um doce de leite oferecido pela suspeita. Na ocasião, Celson Alves da Silva estava com a mulher e dois filhos. Todos ingeriram o doce com o veneno. A motivação do crime não foi dealhada. Segundo o MP, Rosa Maria foi dennunciada pela prática de homicídio e tentativa de homicídio, com emprego de veneno e dissimulação ou recurso que dificultou a defesa das vítimas. Ainda segundo o Ministério Público, Rosa Maria Dantas Melo estava presa desde dezembro do ano passado, quando foi teve a prisão temporária decretada. A preventiva foi decretada no dia 18 de janeiro. (G1)