Marqueteiros cobram R$ cobram R$ 21,5 milhões da campanha de Serra (Foto: Divulgação)

A Justiça de São Paulo interveio nos diretórios municipal e estadual do PSDB paulista por conta de uma dívida de campanha eleitoral de José Serra (PSDB) contraída em 2012. Foi designada uma administradora-depositária na ação civil em que os marqueteiros que prestaram serviços a Serra cobram R$ 21,5 milhões da legenda a título de dívidas de campanha do senador nas eleições municipais de 2012. Em agosto do ano passado, já havia sido determinada a penhora de 30% das receitas do partido para o pagamento da dívida, acrescida de multas, juro e gastos advocatícios. No entanto, o PSDB desobedeceu a ordem judicial e não depositou o montante determinado. De acordo com o IG, o senador não nega a existência da dívida, motivando a empresa Campanhas Comunicação Ltda., a ingressar com um processo na justiça para o recebimento de valores. A administradora-depositária atuará como uma espécie de interventora nas contas e questões financeiras do PSDB com acesso a informações sigilosas, contratos, lista de prestadoras de serviço e funcionários. Até agora, a Justiça apreendeu nas contas do PSDB R$ 44.609,21 a título da penhora. (Bahia Notícias)