Declaração foi dada nesta quarta-feira (Foto: Gustavo Lima)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a possível candidatura à reeleição de Michel Temer é legítima, mas que, caso esse projeto se concretize, disputará com ele até o fim. “Se ele for candidato, vou disputar contra ele. Serei candidato até o fim, mesmo com a participação de Temer”, afirmou. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o democrata escolheu o PSDB como seu principal adversário e disse que formar uma chapa com Geraldo Alckmin, hoje, seria, em suas palavras, “uma negligência política”. “A reeleição foi o grande câncer que o PSDB gerou para o Brasil. O país precisa que as pessoas que queiram construir um projeto possam colocar seu nome na disputa”, pontuou. O deputado, que fez críticas à atual política econômica, disse que não será garoto-propaganda do Planalto, mas que também não esconderá acertos do governo. (Estadão)