Homem foi reconhecido por vítimas na delegacia (Foto: Alberto Maraux/SSP-BA)

Um jovem de 26 anos foi preso suspeito de atacar travestis com uma faca no bairro da Pituba, em Salvador. Isac Silva da Conceição foi surpreendido quando saía do prédio que morava na noite de quarta-feira (14). A polícia acredita que ele se preparava para um novo ataque. Ainda segundo a polícia, ao menos seis mulheres travestis foram esfaqueadas pelo suspeito, mas apenas duas vítimas registraram queixa contra o agressor. O jovem foi localizado após denúncia anônima de que ele morava na Rua Espírito Santo, também no bairro da Pituba. A polícia divulgou que Isac Conceição tentou sair com uma motocicleta, que seria o veículo utilizado para fugir após as agressões e, quando percebeu a presença dos policiais, tentou escapar, mas foi detido. Ele foi apresentado na 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), onde foi reconhecido por duas vítimas.  Segundo o major Elbert Vinhático, a prisão foi possível após a confecção do retrato falado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e coleta dos depoimentos pela Polícia Civil. As agressões teriam ocorrido entre o final de fevereiro e início de março deste ano. O major ainda alertou para que todas as agressões sofridas pelas travestis, mesmo as verbais, devem ser comunicadas imediatamente às forças de segurança para que a resposta seja dada de maneira rápida e eficiente.  De acordo com a titular da 16ª DT, delegada Maria Selma, é importante colocar no inquérito todas as mulheres travestis agredidas. Segundo ela, Isac Conceição será indiciado por tentativa de homicídio. (Correio)