Bebê está internado no Hospital Geral do Estado (HGE) (Foto: Divulgação)

O bebê de dois meses agredido pelo pai na noite de quinta-feira (22), no bairro de Águas Claras, em Salvador, teve morte cerebral na sexta-feira (23). A informação foi confirmada ao G1 pela Polícia Militar neste sábado (24). A vítima foi socorrida pelo agressor, Edvaldo Rodrigues de Brito, 24 anos, para o Hospital Eládio Lasserre ainda na quinta. De acordo com a assessoria da unidade, a criança foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE) no final da tarde de sexta. O G1 entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), mas foi informado que a secretaria não fornece o estado de saúde e informações de pacientes internados na rede de assistência estadual. Edvaldo acabou preso em flagrante por tentativa de homicídio, ao dar entrada com o bebê no Hospital Eládio Lasserre, em Cajazeiras. Lá, ele apresentou versões contraditórias para o estado de saúde da criança, e acabou detido. O homem foi levado para a Central de Flagrantes, onde confessou o crime. Ele disse à polícia ter cometido a agressão por se incomodar com o choro da criança e ainda alegou que tentou matá-lo por estar desempregado. Edvaldo permanece detido e aguarda audiência de custódia, que vai definir se ele será encaminhado para o presídio ou se vai responder à acusação em liberdade. (G1)