Operação mata dois suspeitos em Maragogipe (Foto: Alberto Maraux)

Dois homens suspeitos de participar de uma uma quadrilha de tráfico de drogas morreram em confronto com policiais militares, na manhã desta terça-feira (5), na cidade de Maragogipe, no recôncavo baiano. Conforme a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a os dois homens estavam escondidos em um mangue e reagiram à chegada de homens do Batalhão de Choque da PM. A dupla chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Outros cinco integrantes do grupo conseguiram fugir, informou a SSP. De acordo com o SSP-BA, os policiais apreenderam com os dois suspeitos munições de fuzil, pistolas, coletes balísticos e drogas. 

PM procura mais cinco participantes da facção criminosa (Foto: Alberto Maraux)

Os suspeitos foram identificados como “Kaká”, que, segundo a Polícia Militar, na quadrilha, era o responsável por toda logística de distribuição de drogas, armas, munições e também determinava as execuções de rivais e de usuários devedores. O outro homem se chamava Harin Ferreira Galvão e tinha 25 anos. A atuação dele no grupo criminoso não foi detalhada. De acordo com o SSP-BA, “Kaká” era o homem de confiança de Adílson Souza Lima, o ‘Roceirinho’, que está preso em um presídio federal. Ainda na ação desta terça, os PMs encontraram, em casas localizadas às margens do mangue, munições dos calibres 556 e 762 de fuzis, dois carregadores estendidos de calibre 45 de metralhadora, duas pistolas calibre 380, dois coletes balísticos e aproximadamente 200 porções de drogas. (G1)