Brito Júnior sofreu tentativa de agressão, segundo PM

Uma policial militar da Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv) em Itabuna acabou presa acusada de tentar agredir e ameaçar o comandante da corporação, o major Edson Ferreira de Brito Júnior. A tentativa de agressão ocorreu na última segunda (16), mas foi tornada pública hoje (18), após a transferência da policial para Salvador, onde foi lavrado flagrante. A policial deverá ser encaminhada para Lauro de Freitas. O nome dela, que é cabo da corporação, não foi revelado pela corporação. A tentativa de agressão teria ocorrido, conforme o comando-geral, durante audiência para discutir assuntos internos. Na tentativa de ataque ao comandante, a policial foi contida pelo subcomandante da Companhia. (Pimenta)