Operação resulta em apreensão de óculos em Feira de Santana|| Foto Receita Federal

Uma operação em conjunto da Polícia Federal com a Receita Federal, nesta quinta-feira (9), resultou na apreensão de quase um milhão de óculos que teriam sido importados irregularmente, sem pagamento de imposto e sem autorização. Os produtos foram localizados em dois imóveis residenciais em Feira de Santana. De acordo com a Polícia Federal, os óculos estavam espalhados por todos os cômodos das duas casas, até no banheiro de um dos imóveis. A polícia suspeita que os produtos tenham sido importados por um chinês que tem negócios na região de Feira de Santana. Os dois endereços pertencem ao comerciante chinês, que não teve o nome divulgado. A PF e Receita Federal informaram que há indícios de que os endereços residenciais eram usados como depósitos de mercadorias importadas, que eram revendidas irregularmente na Bahia. Os óculos- incluindo de sol e infantil, de vários modelos e marcas- foram apreendidos em cumprimento de mandado judicial. Ninguém foi preso. (Pimenta)