Baiano de Ubaitaba, Isaquias Queiroz (Foto: Divulgação)

A dois anos dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o canoísta baiano Isaquias Queiroz só tem um pensamento até o Japão: ganhar do alemão Sebastian Brendel. “Desde 2013 para cá, eu sempre encontrei uma pedra no meio do meu caminho, que vamos dizer que é ele”, brincou. O medalhista olímpico dos Jogos Rio-2016 esteve em Salvador no último mês de setembro e encontrou um tempo na sua compromissada agenda para conversar com o Bahia Notícias. Durante o bate-papo, ele falou da preparação para 2020, suas próximas disputas e também da grande admiração ao rival Brendel, que o inspirou até a batizar o filho de Sebastian. O baiano ainda comentou sobre como é disputar contra seu próprio irmão e sobre como a doença grave que atinge seu técnico, Jesús Morlán, o motiva ainda mais nas competições. (Bahia Notícias)