Campus da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA

Dois estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) estiveram na 7ª Delegacia, no Rio Vermelho, em Salvador, nesta quarta-feira (10), após terem um desentendimento por causa de opiniões políticas, dentro da instituição, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Conforme o órgão, uma guarnição da 41ª CIPM foi acionada por um dos estudantes, na Estrada de São Lázaro, na Federação, que disse aos policiais que estava se sentindo ameaçado por um colega com quem tinha discutido sobre política. Ainda segundo a SSP, os dois estudantes, que não tiveram a identidade revelada, foram ouvidos na 7ª Delegacia e liberados em seguida. Uma nova data foi marcada para dar seguimento às investigações do caso, disse a secretaria. Em nota, a UFBA informou que o caso ocorreu entre dois estudantes do curso de história, no campus de São Lázaro. Um dos alunos, conforme a instituição, se sentiu ofendido e ameaçado após a discussão, acionou a PM e retornou à universidade, com três policiais, para pegar os pertences que tinha deixado na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH). Ainda segundo a UFBA, mesmo depois de uma conversa com a mediação da diretora da faculdade, os dois estudantes decidiram ir à delegacia registrar o ocorrido. A universidade informou que advogados, professores da Faculdade de Direito da instituição, acompanharam as oitivas dos alunos na unidade policial. (Correio)