Gênesis Pinheiro foi preso em Jequié (Foto: Divulgação)

Agentes da Polícia Civil de Jequié cumpriram na cidade de São Paulo, mandado de prisão contra Gênesis Pinheiro Santos, autor do homicídio de Nelson Coelho de Souza Neto, assassinado enquanto carregava um bebê no colo. O crime foi registrado no dia 15 de outubro de 2017 e a vítima foi alvejada com um tiro na nuca, no interior de um mercadinho, no bairro Joaquim Romão. O inquérito policial já havia sido finalizado pela Polícia Civil, em janeiro de 2018, representando pelas prisões preventivas, indiciando os autores: Gênesis Pinheiro Santana, Joabson Bispo Silva, mais conhecido como “Nonom”, Cleber Almeida Santos, o “Quequeu”, Jeferson Nascimento de Oliveira “Bin Laden” e Carlos Eduardo Santos Sampaio, o “Duda”. Todos integrantes têm envolvimento com o tráfico de drogas. Além disso, foi decretado prisões dos envolvidos durante a Operação Joaquim Romão, deflagrada em dezembro de 2017. O autor intelectual do crime, identificado como Joabson Bispo Silva, o “Nonom”, está foragido. (Jequié Repórter)