Gestão de Kaçulo vem sendo bastante criticada (Foto: Ubatã Notícias)

Professores da rede municipal de Gongogi reclamam de atraso no pagamento dos salários de dezembro e também do terço de férias. Por Lei, o salário deveria ter sido creditado nas contas dos servidores até o 5º dia útil, fato que não aconteceu. Já o terço, ainda conforme a Legislação, deve ser pago antes do gozo das férias dos servidores, o que também não ocorreu. Em dezembro a Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB/Sindicato) paralisou as aulas da rede municipal de Gongogi por alguns dias cobrando o pagamento do 13º salário, que foi quitado após a paralisação. A gestão do prefeito Edvaldo dos Santos (PR), o Kaçulo, vem sendo duramente criticada por servidores por reiterados atrasos salariais. O Ubatã Notícias tentou contato com a Prefeitura de Gongogi, mas as ligações não foram atendidas. (Ubatã Notícias)