Na oferta online, estava um imóvel com dois quartos, de número 308

Um professor pernambucano caiu em um golpe ao alugar um apartamento em Salvador para a temporada de carnaval em um site de anúncios. A vítima chegou a pagar R$ 4,4 mil antecipados para garantir a oferta, mas descobriu que o anúncio era falso. Na oferta online estava um imóvel com dois quartos, de número 308, no bairro da Barra, perto do local onde passam os trios do circuito Dodô (Barra – Ondina). O valor pela contratação por 9 dias era de R$7 mil. O professor Júlio Ramos gostou da proposta e começou a negociação com a suposta proprietária à distância. Júlio só percebeu que era um anúncio falso quando esteve em Salvador, no mês de dezembro do ano passado, e foi até o endereço do anúncio. Como só tinha um apartamento por andar, ele descobriu que a residência de número 308 não existia.  Para Consuelo Leal, diretora do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Bahia (Creci/Bahia), exigir uma minuta do contrato é uma boa forma de não cair em golpes desse tipo. (G1)