Maconha foi apreendida — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Dois homens foram presos nesta quarta-feira (13) suspeitos de traficar maconha de várias regiões do Brasil e de outros países, incluindo a China, na cidade de Cândido Sales, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o dono da droga, um bancário de 34 anos, importava as sementes e cultivava a planta no apartamento onde morava, no município, com a ajuda de um comparsa, de 24 anos. Conforme a polícia, a dupla colocava a droga em potes de suplemento alimentar para entregar aos clientes sem levantar suspeitas.  Os suspeitos foram identificados como Paulo César Favila Cardoso Junior, que seria dono da maconha, e Jessé Novaes Dias, apontado como ajudante.

Sistema de estufas foi apreendido — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Segundo a polícia, o apartamento onde a droga era cultivada fica na cobertura de um condomínio localizado no bairro Centro Lagoinha, na cidade de Cândido Sales. No entanto, a droga também era comercializada na cidade de Vitória da Conquista, na mesma região do estado. A polícia chegou no imóvel após denúncias anônimas. No local, segundo a polícia, foram encontrados diversos pés de maconha, sementes da droga, uma estufa com ventilação e iluminação própria, sistema de irrigação com controle de temperatura e PH digital, anfetaminas (ecstasy), produtos químicos para processamento das drogas, máquina para embalagem a vácuo e balanças de precisão. (G1)