Bolsonaro emite nota pedindo desculpas à deputada

Após determinação da Justiça no dia 23 de maio, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) se desculpou publicamente nesta quinta-feira (13) com a deputada Maria do Rosário (PT-RS) (leia mais aqui). A retratação foi feita via documento postado no Twitter do chefe de estado. Em 2014, quando era deputado, Bolsonaro afirmou que a parlamentar não merecia ser estuprada porque ele a considera “muito feia” e porque ela “não faz” seu “tipo”. “Em razão de determinação judicial, venho pedir publicamente desculpas pelas minhas falas passadas dirigidas à Deputada Federal Maria do Rosário Nunes”, postou Bolsonaro.

Retratação foi feita via documento postado no Twitter

O presidente ainda reforçou que no seu governo “as mulheres brasileiras constituem uma prioridade […] o que tem sido e será sempre demonstrado através de ações concretas”. A decisão foi expedida pela 18ª Vara Cível de Brasília nesta terça. Além disso, ele foi condenado a pagar o equivalente aos R$ 10 mil estipulados pela Justiça mais multas e juros. (Bahia Notícias)