Najila Trindade acusa Neymar de estupro (Foto: Divulgação)

A delegada Juliana Lopes Bussacos, da 6ª DDM, encerrou nesta segunda-feira (29) a investigação de estupro em de Najila Trindade acusa o atacante Neymar, de acordo com o portal UOL. Conforme confirmado pela defesa da modelo ao Bahia Notícias, no começo do mês a Justiça acolheu o pedido da delegada e autorizou a prorrogação do inquérito por 30 dias. O Ministério Público pediu a cópia dos inquéritos de extorsão, do suposto furto no apartamento de Najila da divulgação de imagens íntimas da mulher, em apuração no Rio. A delegada, por sua vez, solicitou o acesso às imagens das câmeras de segurança do hotel em Paris e o prontuário médico do ginecologista particular de Najila. As cópias dos inquéritos chegaram e foram anexadas, enquanto as imagens e o prontuário não. Mesmo assim, a polícia optou por encerrar a investigação. As promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid) podem oferecer denúncia, pedir o arquivamento do inquérito ou pedir novas diligências. Após isso, o Ministério Público tem o prazo de 15 dias para se manifestar. Segundo a publicação, a delegada concederá uma entrevista coletiva nesta terça-feira (30) para explicar os motivos do encerramento do caso. (Folha)