Advogado Paulo Cabral Tavares (Foto: Ubatã Notícias)

Tudo passa, passarinho…

E quando eu era pequeno, meu avô recitava para mim:

“Tudo passa, tudo passa

Passa o inverno e o estio,

Tudo passa, tudo passa,

Como passa a água no rio”…

Tudo passa, passarinho.

Passarinho, tão pequeninho que pode ser levado pelo vento para outras parágens distantes, para voar em outros céus.

Mas você é forte, passarinho!!! Porque por mais longe que o vento lhe leve, todas as noites você volta para o aconchego de seu ninho. Para o calor de sua amada.

Não sei como você acha o ninho, mas você sempre volta.

Você que fica ali, pousado num fio de luz (todos nós deveríamos ter um fio de luz, em algum momento da vida), neste fio que conduz energia elétrica, me olhando pela janela do meu escritório. E leva um tempão me espiando. Bisbilhotando a minha vida.

Seria uma fêmea?

Não, não, acho que não. Esta é uma conversa entre homens.Fica ali me espiando um bocado de tempo. Um pulinho, muda de lado, vira a cabeça, dá um piozinho e volta a me observar.

Ah! Passarinho você bem podia pegar um pouco desta tristeza e levá-la para bem longe daqui. E soltá-la num lugar deserto ou no mar para não pegar em ninguém.

Nas duas andanças, passarinhos ou dizendo melhor, nos seus grandes vôos, se você encontrar D. Felicidade, diz a ela para aparecer. Sentimos muito a sua falta. Diz pra ela que as portas estarão sempre abertas, o meu coração e os meus braços também.

Quem sabe no próximo final de semana a gente faz um churrasco…

E se você voar bem alto, mas bem alto mesmo, se você chegar pertinho do céu, pertinho de Deus, reza por mim passarinho que eu estou tão carente de orações.

Pede a Ele para perdoar os meus pecados, como o de ter matado um passarinho de badoque quando eu era menino. Somente para me gabar junto dos outros meninos que caçavam passarinhos.

E logo um beija-flor!!!

Pois é, meu querido passarinho. Volte sempre a me visitar na minha janela do escritório. Gostaria de lhe dar um abraço.

De qualquer modo venha e mantenha esta minha esperança de que você traz um recado para mim, uma mensagem, vinda de muito longe. De Deus, quem sabe, trazendo muita paz e alegria para o meu coração.

Ubatã, 12 de agosto de 2019.
Paulo Cabral Tavares