Audiência
Ubatã FM
Publicidade
Clima






Suicídio: Precisamos falar sobre isso

Jaqueline Queiroz – Psicóloga Clínica

Setembro Amarelo é uma campanha nacional dedicada à prevenção ao suicídio iniciada em2015 pelo Centro de Valorização a Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) onde buscam promover para a sociedade diálogos sobre o tema, como uma forma de prevenção.

Mas, o que leva o ser humano ser capaz de tirar a própria vida? Segundo as pesquisas e dadosda Organização Pan- Americana de Saúde (OPAS) Organização Mundial de Saúde (OMS Brasil), cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo anualmente, ou seja, no mundo todo uma pessoa se mata a cada 40 segundos, só no Brasil o suicídio é a quarta causa de morte entre os jovens, sendo considerada uma questão de saúde pública.

O assunto ainda é um tabu, pouco falado e discutido na sociedade, as pessoas tem medo de falarem sobre o tema, e com isso criam preconceitos e julgamentos e passam acreditar que ao falar muito sobre suicídio seja uma forma de estimular ainda mais o ato.

No entanto, falar sobre esse assunto é importante, tentar esclarecer o que motiva uma pessoa a tirar a própria vida é fundamental. Quando uma pessoa pensa em tirar a própria vida ela não quer acabar com a vida de fato, ela quer dar fim ao sofrimento psíquico, é um ato de puro desespero que leva a pessoa a ter um comportamento impulsivo contra si mesmo, é importante entendermos que antes do ato existe um ser que estar em sofrimento emocional e que muitas vezes passa despercebido aos nossos olhos.

A maioria dos casos de suicídio está relacionado á algum tipo transtorno mental segundo ABP e OMS entre eles estão: Transtorno Depressivo, Transtorno de humor, Transtorno relacionado ao uso de álcool e outras drogas e substância , Esquizofrenia, e Transtorno de personalidade, muitas vezes são casos não tratados ou sub tratados, além de outras circunstâncias que podem estar relacionadas com sofrimentos sociais e ambientais.

Vivemos em uma sociedade onde nós seres humanos somos exigidos o tempo todo a estarmos sempre felizes e bem resolvidos, associando que ser assim é ter uma boa saúde mental, quando na verdade ter saúde mental é um conjunto de fatores de ordem interna e externa, que vai muito além das aparências. Por tanto, quer promover uma boa saúde mental? Aprenda a falar sobre os seus sentimentos, comece a dar voz aos apertos que você sente no peito, ao nó que volta e meia aparece na garganta, comece a nomear o que atrapalha você de seguir enfrente, o que te deixa triste e irritado o tempo todo e principalmente aprenda a procurar ajuda profissional sempre que precisar, é fundamental começarmos a criar uma cultura de saúde mental, em que passamos valorizar cada vez mais os aspectos de ordem psicológica e emocional promovendo assim uma boa qualidade vida como um todo.

1 resposta para “Suicídio: Precisamos falar sobre isso”

Deixe seu comentário