Ganhadeiras de Itapuã serão tema do samba-enredo da Viradouro

Um dos grandes símbolos culturais da Bahia será homenageado pela escola de samba Unidos da Viradouro no próximo ano. As Ganhadeiras de Itapuã serão tema do samba-enredo da escola no Carnaval do Rio de Janeiro de 2020. Com o enredo Viradouro de Alma Lavada, a escola pretende contar ao longo da Sapucaí a história dessas mulheres escravas, genuinamente brasileiras, que conquistaram a alforria por meio do trabalho. Segundo o diretor carnavalesco da escola de Niterói, Dudu Falcão, a história de vida das Ganhadeiras merece destaque. “Há uma necessidade da Viradouro de ser uma ferramenta de educação. Nós enxergamos que essa é uma história que o Brasil deve conhecer, especialmente pelo momento atual de empoderamento feminino, já que podemos dizer que esse foi o primeiro grupo de cunho feminista do país”, pontuou. O desfile será assinado pelos carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcísio Zanos, novos na casa. As Ganhadeiras serão revividas por um grupo musical formado há 15 anos. Diretores das Ganhadeiras e da escola estiveram reunidos com o chefe de Gabinete da Setur, Benedito Braga, na manhã desta quinta-feira (12) para celebrar a escolha do enredo. A participação da escola terá apoio da Secretaria do Turismo do Estado (Setur). (Pimenta)