Esquema vacinal por idade, orientado pelo Ministério da Saúde. (Foto:Divulgação)

Os secretários estaduais da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e de Turismo, Fausto Franco, se reuniram na noite desta segunda-feira (16), com o trade turístico baiano a fim de sensibilizar o setor para ampliar a cobertura vacinal contra o sarampo dos profissionais que atuam no segmento, sobretudo, nas cidades turísticas. De acordo com Vilas-Boas, a intenção é criar um bloqueio vacinal e reduzir a chance da população baiana ser infectada, visto que todos os quatro casos de sarampo na Bahia são importados, sendo três de São Paulo e um da Espanha. Assim, localidades como Salvador, Ilhéus e Porto Seguro, dentre outras, devem intensificar as ações de vigilância. “O trade turístico, por sua vez, deve solicitar que os profissionais do segmento de bares, hotéis, restaurantes, receptivos, agências de viagens, dentre outros, verifiquem a sua condição vacinal, pois a Bahia recebe um Intenso fluxo de turistas e 99% dos  casos confirmados de sarampo no Brasil são de paulistas”, afirmou. O secretário de Turismo, Fausto Franco, alertou que “esta medida de sensibilização é necessária, visto que a cidade de Porto Seguro receberá um grande número de turistas em outubro devido a Semana do Saco Cheio, que é um festejo tradicional”. Já o presidente do Conselho Baiano de Turismo, Roberto Duran, destacou que o setor disseminará esta informação entre as entidades e está à disposição para auxiliar na mobilização do segmento. Continue lendo