Local passava por obras para melhorar a estrutura de vigas

Vídeo da câmera de segurança mostra pedreiros quebrando coluna do Edifício Andréa minutos antes da queda do prédio. O local passava por obras para melhorar a estrutura de vigas de sustentação quando desabou na terça-feira, 18. Nas imagens, é possível ver homens trabalhando no térreo, utilizando uma marreta para quebrar a parede de uma das colunas.

Trinta minutos depois, o edifício desabou, deixando moradores soterrados. De acordo com moradores, a síndica do prédio, Maria das Graças Rodrigues, 53, estava no térreo acompanhando as obras quando o acidente aconteceu. Ela segue desaparecida. Até o momento, seis vítimas fatais retiradas pelo Corpo de Bombeiros. (G1)