Manchas vermelhas são o sintoma mais comuns do sarampo

A Bahia possui 26 casos de sarampo confirmados e 276 permanecem em investigação. Os números são de janeiro até o dia 26 de outubro deste ano e são da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). O sarampo é uma doença infecciosa, extremamente contagiosa, transmitida pela tosse e espirro, e pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. Conforme informou a Sesab, a cidade de Santo Amaro, no recôncavo baiano, é onde concentra o maior número de casos confirmados, 13 foram registrados. Em Gandu são cinco casos; em Salvador e Ituberá, são dois casos. Já nas cidades seguintes, cada uma possui um caso confirmado: Andorinha, Camaçari, Jacobina e Palmeiras. Os sintomas da doença aparecem apenas de 10 a 14 dias após a exposição ao vírus. Incluem tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas. Além disso, em casos mais graves, pode causar também infecção nos ouvidos, pneumonia, diarreia, convulsões e lesões no sistema nervoso. (G1)