Acidente aconteceu em pista de pouso de resort (Foto: Divulgação)

Quatro dos sobreviventes da queda de um jato executivo em Maraú, no baixo sul da Bahia (lembrar), que estavam internados no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, foram transferidos nesta terça-feira (19) para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Os pacientes foram levados para a unidade de saúde por meio de uma UTI aérea. Entre o transferidos está Marcelo Constantino, 28 anos, neto de Nenê Constantino, fundador da companhia aérea Gol. Três pessoas morreram no acidente. A informação da transferência das vítimas foi divulgada pela assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Foram transferidos nesta terça para São Paulo: Marrie Cavelan, de 27 anos; Marcelo Constantino, 28 anos, neto de Nenê Constantino, fundador da Gol; Eduardo Mussi, 33 anos, irmão do deputado licenciado Guilherme Mussi; Eduardo, de 6 anos, filho de Eduardo Trajano e Marcela Brandão Elias, que morreu no local do acidente. Permanecem internados em Salvador: Fernando Oliveira Silva, 26 anos; Aires Napoleão, 66 anos, que pilotava a aeronave; Eduardo Trajano Telles Elias, 38 anos, pai do garoto de 6 anos e marido de Marcela Brandão Elias. A Sesab informou, por meio de nota, que não fornece informações sobre o estado de saúde das vítimas. (G1)