Quantas vezes você já passou por alguma situação de fraude pela internet que levou efetivamente a uma perda financeira? Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira revela que 11% dos internautas brasileiros afirmam já terem perdido dinheiro em esquemas fraudulentos. A pesquisa “Fraudes em Investimentos no Brasil”, conduzida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), indica que as principais ocorrências se deram em esquemas de pirâmide (55%); em golpes de seguradoras, nos quais o investidor supostamente receberia determinada quantia mediante pagamento de taxas e/ou despesas (19%); e em golpe de ações ou fundos antigos de aposentadoria esquecidos, com exigência de pagamento antecipado de supostas taxas e/ou despesas (16%). Seis em cada dez entrevistados afirmam não ter recuperado os valores perdidos na fraude, sendo que 35% já desistiram de receber e 27% ainda têm esperança. Em contrapartida, 38% conseguiram reaver valores perdidos, dos quais 18% resgataram com prejuízo. Leia mais